sábado


“agora é oficial : Pernambuco, vai tomar no cu!”

aos tabacudos da organização do festival de vídeo de Pernambuco;

entendam de uma vez por todas : não há mal nenhum em exibir o vídeo sem que ele concorra a algum prêmio do vosso festival. Excrusive, a figura acima exibe o fac-símile da programação onde a minha própria pessoa foi a responsável pelo segundo vídeo exibido na mostra não competitiva do festival da Bahia. Com muito orgulho de exibir em terras soteropolitanas, lugar impossível de ser alcançado sem uma exibição televisiva de rede nacional. Bastou que me avisassem disso. Duvido muito que algum realizador (aqui significando diretor, produtor ou ator) dos vídeos de ficção do último festival de vídeo “do Recife” tenha achado ruim a idéia de distribuir a grana da premiação – originalmente destinada a eles – em menções honrosas de todas as outras categorias. O que não pode, funcionários da Fundarpe, Sr. Marco Henrique Lopes, representantes do Governo do Estado de Pernambuco é a falta de afinação entre Comissão de Seleção e Comissão Julgadora. Ou como disse o diretor Cláudio Assis, na atitude mais honrada que eu já vi numa premiação desse tipo, em Salvador, quando da “desqualificação para premiação” do curta Texas Hotel – descartado como todos os outros curtas do festival por não apresentarem afinidade com o tema “Cinema para um mundo melhor” (sic) : “agora é oficial : Bahia, vai tomar no cu !”

2 comentários:

andreh elrvas disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
vc eh um escarrado mesmo!!
e aih? recebeu teu/meu irmão postiço?
bota esse serviçal pra trabalhar! dichava! dichava!


mas e ai? passaram na fita ou nao passaram teu filme?

abraço!

e vai tomar no cuh eh td mundo!

a_flavio disse...

sequela do meu coração !!!

o big brother chegou em caruaru e logo mais crowdeia o pico nos arrecifes.

não se preocupe que nao falta trabalho pra ele no carnaval super uau daqui. so vai faltar vc !!

rapaz, o pior é que meu video nesse festival (um documentario) passou na moral e nao teve nada contra a categoria. pelo contrário até; o nívi dos documentários foi elogiado por meio mundo de gente que faz...

eu to é tomando as dores dos caras que fizeram ficção e foram (na minha humilde opinião, desmoralizados por uma falha estúpida da coordenação do dito cujo).

mas aparentemente os caras entram aqui (o contador tá de prova!) leêm os textos e tb não dão pitaco.

ou seja, tô com vc : piroca gigante no cu do mundo !!!